SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Apae de Passos vê saúde como melhoria de vida

A saúde é vital para o bem-estar de qualquer ser humano. E para as pessoas com necessidades especiais ela se torna ainda mais imprescindível. Nesta segunda reportagem da série sobre a Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) de Passos que a Folha está publicando, veja como a assistência à saúde funciona para melhorar a qualidade de vida de seus usuários.

De acordo com a diretoria da Apae, a legislação prevê para as pessoas com deficiência ações de saúde que envolvam prevenção e diagnóstico até o tratamento de doenças, criação de redes de especialização em reabilitação e habilitação e estímulo à integração social.

pessoas-com-deficiencia

Para as pessoas com deficiências consideradas graves, é obrigatório o atendimento domiciliar. Todas as atividades são realizadas pelo Setor de Enfermagem da Apae, que hoje conta com quatro profissionais, sendo uma pediatra, dois enfermeiros e uma técnica em enfermagem.

“A atuação da equipe de saúde no atendimento às pessoas com deficiência é importante, pois permite a articulação entre a educação e saúde, orientações às famílias sobre os cuidados às pessoas com necessidades educacionais especiais, na realização de acompanhamento e estimulação precoce, o desenvolvimento da autonomia da população atendida, contribuição em estudos e na realização de atendimento ambulatorial e na supervisão dos serviços de enfermagem”, explicaram os profissionais do setor.

Para o bom andamento do trabalho, é seguido um cronograma de atendimentos desde a efetivação da matrícula na instituição. A partir daí, são realizadas consultas e exames físicos para levantar dados e criar um plano de tratamento para cada diagnóstico. Só assim garante-se melhor atendimento e acompanhamento do usuário.

De acordo com levantamento do setor, as áreas mais solicitadas na Apae de Passos são as de psiquiatria e neurologia.

Muitas das vezes, são efetuadas intervenções de urgência, quando há alterações graves de comportamento e até de crises convulsivas repetitivas, que interferem diretamente no tratamento e na saúde do paciente.

O setor salienta que a assistência é global, envolvendo toda a equipe de profissionais e, principalmente, a família dos alunos. Por isso, são realizados constantes monitoramentos e orientações a fim de melhorar a qualidade de vida dos usuários que precisam de mais atenção na Apae.

Em vários casos, a assistência à saúde na instituição é tão abrangente que muitos dos alunos são introduzidos e aceitos no mercado de trabalho local, num estímulo para integração social.

“Comprovamos que o nosso trabalho na Apae de Passos oferece meios para que se viva melhor, com a segurança de que sempre haverá pessoas prontas a ajudar, pois estamos ao lado do usuário e de sua família. Seja no sofrimento, na angústia ou mesmo nos momentos de alívio e gratidão”, disseram os profissionais.

Fonte: .clicfolha.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

12 − 4 =