SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Em ano de comemoração do tênis em cadeira de rodas no país, atletas do Brasil brilham no Niterói Open, realizado no Rio de Janeiro

tenis-sobre-rodasA competição teve um sabor especial, já que comemorou os 30 anos de existência da modalidade adaptada no Brasil.
Encerrou-se neste domingo, 3, a 16ª edição do Niterói Open de Tênis em Cadeira de Rodas. A competição teve um sabor especial, já que comemorou os 30 anos de existência da modalidade adaptada no Brasil.

Na final da chave masculina, Carlos Santos, atual nº 23 do ranking mundial, venceu seu compatriota Daniel Rodrigues, nº 19 do mundo. Carlos imprimiu um bom ritmo e finalizou o jogo com 2 sets a 0, parciais de 6/2 6/3. Com o resultado, o campeão subiu para a posição de nº 21 e se aproximou do rival Daniel.

Na chave feminina, a brasileira Meirycoll Duval superou outra brasileira, Rejane Candida. Com um jogo bem consistente, Meirycoll ganhou por 6/0 6/4. O resultado foi expressivo por ter sido o primeiro título de simples de Meirycoll no Circuito Mundial. Ela tem apenas 21 anos.

Já na chave de dupla masculina, Daniel Rodrigues e Rafael Medeiros venceram Carlos Santos e Mauricio Pomme, parciais de 7/6 6/2. Na dupla feminina, Meirycoll Duval e Rejane Candida passaram por Antonela Pralong, da Argentina, e Natiele Ribeiro, do Brasil, por 6/2 6/2.

No júnior, Fabio Bernardes levou a melhor sobre o argentino Lucas Scarazini em um jogo duro de duas horas e meia. Parciais de 7/6 6/7 6/4.

Os resultados foram excelentes para os brasileiros que, ainda neste mês, embarcam para a disputa do Mundial, na Turquia. Os atletas vão em busca de títulos e pontos para a classificação nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015, em agosto.

Com informações da CBTENIS (Confederação Brasileira de Tênis)

 

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × dois =