SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

‘Felicidade imensa’, diz mulher com síndrome de Down sobre formatura

sindrome-de-down-curso-superior

Aos 25 anos, Fernanda Schacker Machado está prestes a realizar um sonho. Na noite desta sexta-feira (6), ela vai receber o diploma universitário, após cinco anos cursando design gráfico. A história seria a de mais um formando comum a não ser por um detalhe: ela tem síndrome de Down e superou vários obstáculos para chegar à universidade, como mostra a reportagem do Jornal do Almoço.

Ela e a família estão ansiosas pela hora de celebrar a conquista. O vestido já está pronto, esperando a hora da festa. “Uma emoção muito grande, felicidade imensa, por conseguir vencer mais uma etapa da minha vida. E vencer desafios e dificuldades”, afirma.

Em 2009, após a aprovação no vestibular, Fernanda deu início aos estudos no curso de design gráfico na Ulbra. Caminho nada fácil que seguiu em busca do sonho de viver da escrita. “Pretendo ser escritora. Gosto muito de tirar fotos, de coisas que envolvem imaginação”, define ela.

Para quem quer seguir a carreira, o trabalho de conclusão na faculdade já virou o primeiro livro: trata-se de um guia de leitura para quem tem deficiência visual, intelectual e física.

“Percebi que eu não conseguia me sustentar só com os meus livros, precisava de algo a mais. Daí com isso fui para a faculdade para conseguir esse algo a mais, até conseguir levar meus livros para o mercado de trabalho”, detalha.

Ver Fernanda ir tão longe, para a família, é um orgulho. “Já estava tudo mais ou menos organizado para a gente dar um tempo, para ela ter um tempo a mais, sem horário definido, mas de repente ela disse que queria ir para a faculdade”, conta o pai Jairo Machado sobre a escolha da filha. “Ela chegou onde ela está é porque ela quer, ela é batalhadora”, orgulha-se a mãe Mirian Machado.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × 2 =