SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Senado debate constrangimentos a pessoas com deficiência em aviões

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado marcou audiência nesta quinta-feira (5/12) para debater as dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiência para se locomover em aeroportos e aviões. O debate ocorrerá três dias depois de a executiva Katya Hemelrijk da Silva, 38 anos, precisar se arrastar para embarcar em uma aeronave da Gol.

O tema do debate são os constrangimentos e riscos para pessoas com deficiência na aviação comercial. Participam do debate entidades organizadas para defesa de direitos de pessoas com deficiência e autoridades do poder público.

Já há resolução para aeroportos e companhias aéreas sobre a mobilidade dessas pessoas. As entidades reclamam, no entanto, que as pessoas com deficiência continuam sofrendo dificuldades para se locomover nesses espaços.

Cadeirante, Katya seguia de Foz do Iguaçu para São Paulo, às 5h20 dessa segunda-feira (1º/12), quando se deparou com a dificuldade. Ela foi informada que o equipamento Stair Trac, usado para levar clientes com necessidades especiais até o interior da aeronave, estava indisponível.

A executiva teria sido orientada a viajar em outro horário, até que a Gol resolvesse o problema. A mulher, no entanto, resolveu vestir uma calça e se arrastar na escada para conseguir embarcar no avião. Por meio de nota, a Gol Linhas Aéreas Inteligentes admite que equipamento da base de Foz de Iguaçu não estava disponível e por isso não pôde ser usado durante o embarque.

Fonte: correiobraziliense.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × cinco =