SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Enem 2014: Mais de 169 mil estudantes terão atendimento especial

enemMais de 8,7 milhões de estudantes irão participar, entre os dias 8 e 9 de novembro, da edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Desses candidatos, 76.676 terão atendimento especializado e outros 92.972 atendimento específico.

O atendimento especializado é oferecido aos participantes com baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdo-cegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia (dificuldade ao calcular) ou outra condição especial.

O pedido para atendimento especializado foi solicitado durante o período de inscrição. Dessa forma, para melhor atender os estudantes haverá em diversos locais do exame: sala de mais fácil acesso (para 15.115 participantes), prova superampliada (6.768) e auxílio para transcrição (6.328).

O atendimento específico será oferecido a gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar. Estão aí incluídos ainda os 62.396 sabatistas, que por convicção religiosa guardam os sábados. As lactantes representam 13.882 participantes, já as gestantes somam 9.256.

Procedimentos

No primeiro dia do Enem, os candidatos terão quatro horas e meia para fazer as provas de história, geografia, filosofia, sociologia, química, física e biologia. No segundo dia, cinco horas e meia para as de matemática, língua portuguesa, literatura, artes, educação física, tecnologias da informação e comunicação e língua estrangeira, além da redação. Nos dois dias, as provas terão início às 13h, no horário de Brasília.

Para as provas do primeiro dia, o participante que guarda os sábados deve chegar ao local do exame no mesmo horário de todos os participantes — entre 12h e 13h — e aguardar em sala específica até as 19h. No caso dos sabatistas do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima, a prova será realizada a partir das 19h locais (18h em Brasília).

Para ter acesso ao local de provas, o candidato deve apresentar documento de identidade com foto. Durante o exame, deverá preencher o caderno de respostas com caneta esferográfica preta e terá permissão para deixar o local da prova somente duas horas após o início. Além disso, só será autorizado a levar o caderno de questões se concluir a prova a partir 30 minutos finais.

Preparação

Para se preparar pra o Enem, o candidato tem acesso a diversas plataformas on-line de estudo como o ‘Questões Enem’, oferecida pela Empresa Brasil de Comunicação.

Interessados podem acessar o aplicativo gratuito, que consiste em um banco de questões que reúne as provas de 2009 a 2013. No sistema é possível escolher quais áreas do conhecimento quer estudar. O banco seleciona as questões de maneira aleatória.

Outra opção é o Geekie Games, selecionado pelo Ministério da Educação (MEC) por meio de edital. A plataforma on-line oferece textos, videoaulas, simulados e jogos para os estudantes. Ao acessar, o estudante faz um teste diagnóstico para identificar quais são as dificuldades e níveis de proficiência em diferentes assuntos, de cada um.

Com o relatório em mãos, o aluno tem acesso a um plano de estudos personalizado baseado nas suas dificuldades e pode estudar em aulas disponíveis no próprio Geekie Games. Ao concluir suas atividades, o estudante faz um novo diagnóstico que testará, além dos assuntos já abordados, outros diferentes. Dessa forma, ele tem acesso a um novo plano de estudos.

Saiba mais

A nota do Enem pode ser usada para participar de vários programas, entre eles o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas no ensino superior público; o programa de acesso a universidades privadas, que disponibiliza bolsas em instituições particulares; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

O Enem é também pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para concorrer a bolsas de intercâmbio pelo Programa de mobilidade internacional.

Informação: Ministério da Educação

Fonte: Portal Brasil

One thought on “Enem 2014: Mais de 169 mil estudantes terão atendimento especial

  1. e a falta de acessibilidade para a pessoa cega continua no ENEM, mais um ano de vergonha, enquanto os leitores de tela poderiam ser adotados para facilitar a vida destes candidatos e as provas adaptadas com descrição de imagens dentre outras coisas, ainda dependemos do recurso primitivo de ledores, muitas vezes despreparados, e é um fator que só atrapalha a pessoa cega e seu desempenho nas provas,. Enquanto poderíamos ser um país inclusivo e exemplo para outros ainda estamos na idade da pedra quanto a acessibilidade para estas pessoas .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 + 14 =