SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Brasil vence a Finlândia em reedição da final dos Jogos de Londres e sagra-se campeão mundial de goalball

deficientes-visuais-esportesA Seleção Brasileira masculina de goalball entrou para a história neste sábado, 5, em Espoo, Finlândia, durante o Mundial da modalidade. O grupo comandado por Alessandro Tosim goleou a Finlândia por 9 x 1 e sagrou-se campeão da competição. Esta é a primeira medalha brasileira e o primeiro título em mundiais de goalball.

Há dois anos, brasileiros e finlandeses se enfrentaram na disputa pela medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres. Na ocasião, o Brasil saiu de quadra derrotado por 8 x 1 e ficou com a medalha de prata – também inédita na modalidade. Neste sábado, a história foi outra e os brasileiros puderam comemorar a conquista mais importante do goalball do país até o momento.

Embalados por uma vitória arrasadora na semifinal sobre a Lituânia – que era a atual campeã mundial -, os brasileiros entraram em quadra dispostos a devolver a derrota dos Jogos Pralímpicos e conquistar o Mundial. E logo nos primeiros lances, a Seleção Brasileira abriu o placar, com Romário. Depois, Leomon começou mais um show de arremessos para as redes: fez dois gols no primeiro tempo e outros quatro no segundo. O jogador terminou o Mundial como artilheiro da competição, com 51 gols em dez jogos.

Desde os primeiros jogos, o grupo comandado por Tosim mostrou muita qualidade tanto atacando como defendendo. Com seis jogadores jovens, porém experientes – cinco deles estavam na campanha de prata de Londres -, o treinador pôde promover um rodízio constante, mantendo o nível alto em quadra sem desgastar os atletas.

A campanha brasileira foi muito boa. Em dez jogos, os brasileiros venceram nove, marcaram 99 gols e sofreram 40. A seleção só não terminou o campeonato com 100% de aproveitamento porque empatou com a Turquia em 4 x 4, em partida válida pela quinta rodada.

Na fase de grupos, o Brasil venceu a Bélgica, por 7 x 3; a China, por 14 x 6; o Egito, por 12 x 2; o Japão, por 8 x 1; empatou com a Turquia; e fechou a parte classificatória da competição com vitórias sobre o Canadá, por 11 x 6, e Lituânia, por 11 x 5. Nas quartas de final, a Seleção masculina passou pelo Irã, ao vencer por 11 x 8. Na semifinal, voltou a derrotar a Lituânia, por 14 x 4, para chegar à sonhada final.

A delegação brasileira com os campeões mundiais desembarca neste domingo, 6, no Brasil. O grupo tem horário de chegada previsto para as 17h, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, em voo da empresa KLM.

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × cinco =