SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Eliane Aquino reúne-se com gestores de entidades que atendem PCD

Secretária de Inclusão esteve nesta terça-feira, 27, com representantes dos Conselho e Fórum estaduais da Pessoa com Deficiência

Nesta terça-feira, 27, a secretária de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino, se reuniu com representantes do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CEDPcD) e do Fórum da Pessoa com Deficiência com o objetivo de intensificar e socializar os trabalhos que estão sendo executados, construindo uma única transversal de serviço que esteja mais acessível a esse público.

Durante a reunião, Eliane Aquino disse que o governo do Estado vai continuar trabalhando dentro das políticas de inclusão para as PCD, pensando numa proposta coletiva para o fortalecimento das entidades participantes.

“Precisamos fazer com que os resultados dos trabalhos que estão sendo realizados, tanto por parte do governo quanto da sociedade civil, tenham um aporte de informação maior e cheguem às pessoas que estão vivenciando, que estão trabalhando e aos próprios pais dessas pessoas. O propósito é socializarmos os trabalhos, porque hoje já temos uma rede de política assistencial, através do Governo Federal, que já trabalha a temática das pessoas com deficiência”, destacou Eliane.

A secretária ressaltou ainda a importância de estreitar o diálogo entre o Poder Público, a sociedade civil organizada e os profissionais que atuam diretamente junto a esse público. “Nós, enquanto governo, necessitamos do trabalho coletivo, do diálogo aberto com as entidades, porque saberemos resolver pendências, explicar melhor qual o nosso papel e quais as suas responsabilidades”, disse, ao lembrar que o governo já autorizou os serviços do Centro Especializado em Reabilitação para Deficientes, protagonizando mais um ato de importância histórica para a ampliação dos serviços de saúde direcionados aos portadores de deficiência física, visual, auditiva e intelectual.

De forma semelhante, a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Jane Rocha, pediu mais empenho por parte dos integrantes do Conselho e do Fórum na elaboração de propostas. “Precisamos fortalecer ainda mais as ONGs que dão atenção às pessoas com deficiência, mas, primeiro, é necessário que haja um maior engajamento, que as nossas discussões e soluções estejam mais visíveis para quem coordena e para quem é assistido”.

Sincronia

A secretária adjunta da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e da Cidadania (Sedhuc), Selma Amorim, disse que a atenção destinada àqueles que possuem algum tipo de deficiência foi ampliada pelo governo nos últimos anos. “Quando entramos em contato direto com as Organizações Não Governamentais, entidades parceiras na assistência à pessoa com deficiência, queremos ouvir quais são as demandas e como nós poderemos ajudar. Nunca se olhou tanto para essa área como nesse Governo. As secretarias envolvidas estão trabalhando muito para sincronizar as informações”, afirmou.

Segundo a presidente do Centro de Integração Raio de Sol (Ciras), Carolyn Carvalho, que atende a mais de 300 crianças com deficiências no bairro Santa Maria, em Aracaju, a reunião serviu como ferramenta para fortalecer e valorizar ainda mais o desenvolvimento do trabalho de assistência à pessoa com deficiência. “Muitas melhorias já vieram. É bom sempre estarmos nos reunindo para darmos visibilidade aos trabalhos”.

Participação

Estiveram presentes durante a reunião representantes das Secretarias de Estado da Educação, da Saúde, do Trabalho, Políticas para Mulheres, Diretos Humanos, além do Centro de Integração Raio de Sol (Ciras), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Sergipe (Apada), Instituto de Apoio e Educação ao Surdo de Sergipe (Ipaese), e da Associação dos Deficientes Visuais de Sergipe.

Ascom ASN

Fonte: Fax Aju

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze − 6 =