SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Semáforo auxiliará pedestres e motoristas entre a Avenida Brasil e a Rua Domingos de Moraes

semáfaro-deficientes-visual

Os motoristas e pedestres que utilizam o cruzamento da Avenida Brasil com a Rua Domingos de Moraes, na região do Jardim Bela Dária, em Presidente Prudente, contarão em breve com novos semáforos e faixas de travessia.

Apesar de os semáforos já estarem instalados, os dispositivos ainda não estão funcionando por ainda se encontrarem em fase de programação, segundo o secretário municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública, Oswaldo de Oliveira Bosquet. “Nós instalamos a parte física e agora iremos programar o sistema de tempo dos semáforos. Para instalar os dispositivos, levamos em consideração o fluxo de veículos e pessoas que passam pelo local, principalmente estudantes da Escola Estadual Monsenhor Sarrion, que precisam atravessar a Avenida Brasil”, destacou Bosquet, em entrevista concedida ao iFronteira na manhã desta terça-feira (27).

O semáforo para pedestres funcionará na travessia da Avenida Brasil. Para veículos, os motoristas que seguirem pela Rua Domingos de Moraes poderão acessar a Avenida Brasil nos dois sentidos. Já para os motoristas que seguem pela Avenida Brasil, no sentido Centro-bairro, a conversão à esquerda para a Rua Domingos de Moraes ficará proibida. “Acreditamos que o trânsito fluirá melhor naquela região, uma vez que os motoristas poderão optar pelo cruzamento com temporização”, destacou o secretário.

O motorista Sérgio Akamatsu, de 42 anos, utiliza constantemente o cruzamento durante o trabalho de entrega de madeiras. Para ele, o cruzamento com semáforo irá facilitar o serviço e também evitar acidentes. “Quando a gente quer atravessar, ninguém para e é preciso esperar muito tempo para entrar na Avenida Brasil. Também vai evitar acidentes”, destacou o motorista.
Para a empregada doméstica Elisa Alves de Oliveira, de 26 anos, o dispositivo para pedestres irá facilitar a travessia principalmente para crianças. “É muito difícil atravessar a avenida, ainda mais com crianças. Temos de esperar uma eternidade, fora o risco de sermos atropelados”, pontuou Elisa.

Acessibilidade

O segurança José Marques, de 56 anos, aprovou a iniciativa da implantação de semáforos no local, principalmente para pedestres. Porém, ressaltou que a acessibilidade também deve ser disponibilizada no cruzamento. “É bom, mas o cadeirante também deve ser lembrado. Ainda não há guias rebaixadas nas calçadas depois das faixas de pedestres”, apontou Marques.

Questionado sobre o assunto, o secretário Oswaldo Bosquet informou que o cruzamento terá também guias rebaixadas e, além disso, os semáforos contarão com sinais sonoros. “Toda vez que fazemos uma implantação deste tipo pensamos também na acessibilidade e na inclusão. Neste trecho não vai ser diferente. Além disso, as botoeiras para pedestres também terão sinais sonoros para facilitar a travessia de deficientes visuais”, concluiu o secretário.

Fonte: I Fronteira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco + três =