SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Marília recebe primeiro simulador de direção

simulador-de-transitoMarília recebeu, nesta segunda-feira (24), o primeiro Simulador de Direção Veicular da cidade. O equipamento estará a disposição da população, que pretende tirar sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria “B”, na autoescola GT.

Segundo o proprietário da autoescola e diretor de ensino Valter Tadeu Souza Galvão, inicialmente o simulador não será obrigatório, uma vez que a lei obrigará os alunos a utilizar o dispositivo a partir de 1º de julho. “Porém deixaremos o equipamento disponível para os nossos alunos que quiserem fazer as simulações e para a população no geral, gratuitamente. Basta fazer um cadastro conosco e agendar um horário, a partir da quarta-feira da semana que vem, dia 2”, afirma.

O dispositivo simula aulas em rodovias, estradas, em tempo chuvoso, com neblina, garoa, lombada e outras adversidades.

“Quero focar nos jovens, menores de 18 anos, e deficientes. Uma vez que os menores não podem fazer as aulas praticas nas ruas com os veículos por ser proibido. Agora com o simulador, não há riscos. Será bom pois, desde cedo ele terá noções de legislação de trânsito e será possível que eles aprendam de todas as maneiras os possíveis perigos e com isso se preparem melhor para as adversidades”, explica o diretor de ensino.

O simulador, de forma opcional, é também indicado para pessoas que possuem habilitação, mas sentem medo de dirigir. O primeiro equipamento disponível em Marília possui um adaptador para deficientes físicos.

As aulas com o simulador serão feitas com a presença de um instrutor por 30 minutos. A legislação prevê um descanso de mais meia hora e outros 30 minutos de aula.

Com o prorrogamento do prazo para a instalação dos Simuladores de Direção Veicular, a Lei determina, que o uso do equipamento em todos os CFCs (Centros de Formação de Condutores), passe a vigorar a partir do dia 1º de julho.

A máquina tem o objetivo de complementar a formação de candidatos à categoria “B”. Não há previsão, mas há a possibilidade de o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) pedir a implantação de simuladores também para as categorias A, C, D e E.

Fonte: Rede Bom Dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito − 10 =