SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Homem que nasceu com o pescoço virado para trás dá palestras motivacionais

deficiencia-fisica-mobilidade-reduzida

Ele aprendeu a ler, escrever e se formou em contabilidade. A diferença desta história para de outras pessoas é que Cláudio Vieira de Oliveira, de 37 anos, teve que aprender tudo isso usando um lápis na boca. Oliveira nasceu com uma doença genética que o deixou com o pescoço envergado para trás. As informações são do Jornal Folha de S.Paulo.

Oliveira trabalha atualmente como suplente de diretor fiscal do Sindicato dos Contabilistas da Bahia. Seu principal trabalho é ministrar palestras motivacionais. Em entrevista ao jornal Folha, o diretor fiscal conta que quando era recém-nascido houve até gente que incentivou os pais a não lhe darem comida.

— Achavam que, além de dar muito trabalho, eu acabaria vegetando.

Quando tinha seis anos, Oliveira insistiu que queria ir para a escola. A mãe então contratou uma professora particular, que o ensinou a ler e escrever, tudo com a boca. O garoto continuou a estudar e se formou em contabilidade em 2004.

Oliveira conta que, mesmo de ponta-cabeça, enxerga como qualquer pessoa. Graças à sua persistência, ele já conheceu dois papas e o ídolo Zico.

Fonte:R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − dois =