SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Mulher tetraplégica se casa e realiza sonho de ser mãe em Crissiumal, RS

mulher-tetraplegica-realiza-o-sonho-de-ser-mãe
Aos 39 anos, Cláudia Nass realizou o sonho de ser mãe em Crissiumal, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Vitor Davi nasceu em abril deste ano, provando que obstáculos podem ser superados. A mulher é tetraplégica, mas a gravidez foi autorizada pelos médicos. O pai, Ernani Dreher, agora se desdobra em cuidados ao filho e a mulher. “Veio para fazer a nossa alegria”, afirma o pedreiro, Cláudia e Ernani estão juntos há seis anos. Eles se conheceram após um acidente de moto sofrido pela mulher quando ela tinha 25 anos. Socorrida de forma incorreta, acabou tetraplégica. Depois de um tratamento especializado, ela recuperou parte dos movimentos dos braços, mas precisa de ajuda para qualquer tipo de ação. Vizinho de Claudia, Ernani se interessou pela história de superação e resolveu se aproximar.

“Quando acontece um caso como o dela, a maioria das pessoas abandona, larga. E eu vejo diferente. Aconteceu. A pessoa precisa de mais atenção, de mais ajuda”, salienta o marido.
Depois de a amizade virar namoro, veio o momento de enfrentar a resistência da família de Cláudia. “Eles achavam estranho alguém se interessar por mim na minha condição. Mas depois aceitaram”, lembra. O casamento foi marcado, e a união se solidificou. “Antes do acidente eu até pensava nisso (casamento), depois eu pensava que ia acabar sozinha. Mas aí ele apareceu”, ressalta.

Apesar das dificuldades e limitações, Cláudia e Ernani resolveram se arriscar e realizar o sonho de ter um filho. Desde abril, a família está completa. A gravidez foi planejada, autorizada pelos médicos e transcorreu normalmente.
“Eu queria ajudar mais a Cláudia, mais do que eu ajudo”, diz o pedreiro. “Se ela tivesse uma cadeira motorizada seria uma grande ajuda para ela. Todo mundo sabe que a cadeira é cara”, completa.

Com Vitor Davi nos braços, Cláudia comemora as vitórias conquistadas e se prepara para novos desafios. “Hoje sou praticamente realizada. Tem coisas que eu ainda quero fazer, mas fica para depois, quando ele (filho) for maior. Eu sei que aos poucos vou conseguindo. Já consegui tanta coisa”, resume. Pessoas interessadas em ajudar podem fazer um depósito na conta de Cláudia Voss Nass no Banco Sicredi, agência 0306 e conta corrente número 6588-9.

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + 18 =