SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Em Manaus, portas para cadeirantes no transporte público não funcionam

transporte-publico-inadequado-para-cadeirantes

A afirmação é do superintendente Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, que declarou ainda que, em julho deste ano, haverá a intensificação de cursos para motoristas que ainda não se adaptaram ao sistema de apoio para o cadeirante.

Deficientes físicos que precisam do meio de transporte para trafegar entre os bairros reclamam que muitos dos equipamentos sequer funcionam e outros não são acionados por falta de instrução aos motoristas.

O estudante Jhonson Frazão, 31, que é deficiente físico e depende das linhas de ônibus para ir ao curso de informática, conta que sente a dificuldade todos os dias. “Na maioria dos ônibus, a plataforma não funciona e preciso ser carregado por passageiros que, apesar da ajuda, já chegaram a me derrubar no chão”, contou.

Entre os problemas que Jhonson enfrenta está também a falta de ajuda por parte dos motoristas. Ele disse que muitos não sabem mexer no elevador e outros não costumam parar o ônibus quando vêem que ele está na parada esperando o coletivo.

Para o montador de móveis Wilson Renzo Filho, 52, que está há dois anos usando cadeira de rodas e utiliza ônibus para ir à fisioterapia a situação é desesperadora e de muita dependência.

Ele explicou que a falta do sistema em muitos ônibus antigos e de motoristas treinados para utilizar a plataforma dificulta a vida dos deficientes.

O diretor de Transportes Urbanos da SMTU, Waldir Frazão, disse que as empresas que possuem a plataforma elevatória têm a obrigação de testar o equipamento antes de sair da garagem.

Ele destacou que usuários do transporte coletivo que flagrarem ônibus coletivo sem a utilização da plataforma podem denunciar ligando para Setor de Atendimento Comunitário (Sac) por meio do telefone 118 ou enviar um e-mail para [email protected] informando o numero da linha e o horário em que ocorreu o problema.

Fonte: Mobilize

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6 + 12 =