SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Governos paulista e federal anunciam Centro Paraolímpico Brasileiro

Evento aconteceu na última sexta-feira (25) e teve a presença da presidente Dilma Rousseff

Governo paulista e federal anunciam centro de evento paraolímpico
Esporte-para-pessoas-com-deficiêcia

Na última sexta-feira (25) aconteceu o anúncio oficial da construção do Centro Paraolímpico Brasileiro, no Palácio dos Bandeirantes. O Centro, quarto do gênero no mundo, terá 94 mil m² e será instalado no Parque Fontes do Ipiranga, na capital paulista.

Inúmeras autoridades estiveram presentes, entre elas a presidente da República, Dilma Rousseff, a secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo.

Em sua fala, Linamara Battistella falou sobre a importância de um Centro como esse, que além de ter impacto no esporte, terá também na saúde. “O projeto é inovador, reúne em um só parque condições de alojamento e laboratório avançado de avaliação da condição física”.

A secretária apresentou ainda um vídeo com todas as informações sobre o espaço, que contará com sete ambientes, além de centro aquático, piscina olímpica e semiolímpica, academia para apoio, condicionamento físico e pista de treinamento. A primeira etapa do projeto tem previsão de início de licitação em maio deste ano e a segunda etapa está prevista para novembro.

O governador Geraldo Alckmin destacou a presença dos atletas do Time São Paulo e lembrou-se do aniversário da capital paulista, comemorado na mesma data. “São Paulo nasceu em torno de uma capela e de uma escola, e não há melhor maneira de comemorar o aniversário de São Paulo com outra escola, uma grande escola que é o Centro Paraolímpico Brasileiro. Quero cumprimentar nosso “Time São Paulo”, nossos atletas, que são nossa grande inspiração”.

A presidente Dilma Rousseff ressaltou que o Centro é a preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016. “Precisamos garantir instalações que vão dar sustentação para que tenhamos, não somente dentro das quadras, mas fora delas, aquele desempenho que o Brasil quer ter”.

 

Fonte: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 + 1 =