SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Estado do Rio Grande do Sul lança cartilha para a inclusão social de pessoas com deficiência

Lançamento da cartilha para inclusão social de pessoas com deficiência
lançamento-da-cartilha-para-a-inclusão-social-de-pessoas-com-deficiencia

O Rio Grande do Sul conta com um grande número de deficientes, que entre físicos e mentais, chegam ao número de 23,85% da população total do estado. Porém, mesmo com esse índice, nota-se que os cidadãos que contam com alguma deficiência ainda não têm total conhecimento e informação sobre o assunto.

E foi baseada nesta desinformação parcial que o Governo do Estado lançou no dia 07 de janeiro, a cartilha ilustrada”Atitudes que Fazem a Diferença com Pessoas com Deficiência”, em solenidade realizada no Palácio Piratini.

A cartilha, que conta com 34 páginas, foi desenvolvida pela equipe técnica da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades do Rio Grande do Sul (Faders), vinculada à Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH).

A publicação é dividida em duas partes: na primeira, indica os serviços do Estado para os deficientes, além de apontar dados estatísticos e sobre legislação. Já na segunda etapa, explica os diversos tipos de deficiência, e mostra simples ações para uma boa convivência com esta parcela da população gaúcha.

Segundo o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, a cartilha é uma ferramenta para a manutenção na convivência social entre deficientes e não deficientes. Fabiano salienta que a ideia é exemplificar as deficiências para a população, já que por muitas vezes não sabe como agir em decorrência da desinformação. Ele ainda reforça o quesito da igualdade de oportunidades e inclusão social para todos, e foca na melhoria da acessibilidade.

Baseada em conceitos de tratados internacionais para a inclusão social de pessoas com deficiência, a cartilha terá uma tiragem inicial de 5 mil exemplares, e será distribuída em órgãos públicos em um primeiro momento, e após em escolas e órgãos privados de todo o estado.

A cartilha ainda conta com uma visualização digital, com versões para cegos, que pode ser acessada no portal da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades do Rio Grande do Sul, o faders.rs.gov.br.

Fonte: Radio Caxias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 + cinco =