SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Prótese 3D criada na UFG é 30 vezes mais barata que produtos similares

Peça custa R$ 5 mil; aparelhos que estão no mercado chegam a R$ 150 mil.
Pesquisadores já estão testando ‘mão eletrônica’ em paciente com síndrome.

mão-eletronica-protese

Pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG) em Catalão, no sudeste do estado, estão desenvolvendo uma prótese 3D destinada a pessoas que tiveram a mão amputada ou nasceram com má formação. O grande atrativo da peça é o preço, que chega a ser até 30 vezes menor que os produtos similares encontrados no mercado. A ideia é oferecê-la a pessoas de baixa renda.

Os equipamentos são feitos em impressoras 3D. O material usado é chamado de polímero, uma espécie de polímero. Segundo o coordenador do projeto, Marcelo Stoppa, a ideia é colocar micromotores na palma da mão de forma que a prótese seja leve e fique confortável.

“A prótese eletrônica comercial custa em torno de R$ 150 mil. A gente consegue fazer no laboratório por menos de R$ 5 mil, já com motor e a parte eletrônica toda funcionando”, explica.

Um aplicativo de celular é usado para mover a mão eletrônica. Porém, outro modelo, que não é eletrônico, também foi criado e é indicado para crianças. Ela se mexe através da força do punho.

Teste

protese

A primeira pessoa a testar a prótese vai ser uma estudante da própria UFG. Aluno de pós-graduação, Semebber da Silva Lino possui Síndrome de Moebius, distúrbio raro que compromete a expressão facial, gera dificuldades na fala e deficiência nos pés e mãos.

“Com a prótese, a gente vai ter melhores condições de fazer alguns tipos de movimentos, tipo jogar dama. Quem sabe pegar as peças de dama e brincar com as duas mãos, como qualquer pessoa que não tem deficiência física”, espera.

Participante do projeto, o aluno Lisias Carneiro Camargo está animado com o projeto, principalmente por ver a teoria virando realidade. “A empolgação é essa. Você ver em prática aquilo que só tinha na mente, até então só planejado. Aqui você coloca em prática”, diz.

 

Fonte: G1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*