SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Cadeirantes ficam sem transporte público gratuito por falta de atestado

Deficientes físicos tentam renovação do benefício, mas não conseguem.
Segundo a prefeitura, os postos da cidade estão atendendo a população.

A falta de atendimento médico nos postos de saúde em Itapetininga (SP) tem prejudicado alguns deficientes físicos da cidade. Segundo os cadeirantes, sem o atestado, a carteira que comprova a limitação física não pode ser renovada para que eles tenham direito ao transporte público gratuito. A prefeitura enviou nota nesta manhã de quinta-feira (14) e se limitou a dizer que a unidade da Vila Santana e da Vila Mazzei atendem de segunda à sexta-feira, das 7h às 16h.

atendimento_deficiente

“Já me transferiram para diversos postos e em nenhum fui atendida”, afirma a dona de casa Marina da Conceição Ferreira, depois de buscar por atendimento há mais de nove meses.

No entanto, com a presença da reportagem da TV TEM, a moradora conseguiu ser atendida no posto de saúde da Vila Mazzei. “Finalmente, graças a Deus deu certo.”

Com o vencimento da carteira marcado para a próxima segunda-feira (18), a cuidadora Sueli Aparecida de Almeida conta que busca ajuda há muito tempo e teme quando houver a expiração. “Não tenho como conseguir o laudo porque não há médicos nos postos.”

Segundo a cuidadora, a situação demonstra falta de respeito por parte dos órgãos responsáveis. “Me sinto abandonada, isso é um descaso”, completa.

Fonte: g1.globo.com

One thought on “Cadeirantes ficam sem transporte público gratuito por falta de atestado

  1. FEZ MUITO BEM A DONA Marina da Conceição Ferreira DE ”COLOCAR A BOCA NO TROMBONE” PQ SÓ ASSIM Q INFELIZMENTE AS COISAS ANDAM P/NÓS PESSOAS C/NECESSIDADES ESPECIAIS. A FALTA DE CREDIBILIDADE Q TEMOS É MUITO GRANDE ENTÃO DIANTE DA MÍDIA A SITUAÇÃO ”DESENCALHA” PQ AI TEREMOS O RESPEITO FORÇADO. ESSES DITOS NORMAIS Q SE ACHAM ACIMA DA LEI E DA JUSTIÇA APROVEITAM DA NOSSA FRAGILIDADE, ISSO DÓI. AQUI EM MARINGÁ SOMOS RESPEITADOS, GRAÇAS A DEUS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*