SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Projeto com deficientes auditivos cumpre proposta da GM de inclusão

A contratação de cinco pessoas com deficiência auditiva para trabalhar em conjunto com a Guarda Municipal de Jundiaí é mais uma ação voltada à inclusão, como previsto no Programa de Metas do município. O projeto “Inclusão do Surdo na Guarda Municipal de Jundiaí” é uma ação pioneira no Brasil e objetiva aproveitar o sentido visual mais apurado dos surdos para aumentar a eficiência do setor de monitoramento e, consequentemente, ampliar o número de atendimentos de ocorrências pela GM.

A ideia ganhou corpo após integrantes da Guarda participarem de um curso de qualificação em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Após diversas reuniões entre a Guarda Municipal, Grupo Tejofran (administradora do monitoramento) e Coordenadoria da Pessoa com Deficiência, o projeto se tornou realidade com a contratação de deficientes auditivos, que começam a trabalhar a partir deste mês.

gm_surdosg
Os cinco jovens com deficiência auditiva começam a trabalhar nesta semana (Foto: Fotógrafos PJ)

O processo seletivo dos surdos foi rigoroso. Inicialmente, a GM entrou em contato com o Clube dos Surdos de Jundiaí, para que fossem indicados alguns candidatos, após análise de currículos. Num segundo momento, os candidatos selecionados foram entrevistados pela equipe de recrutamento do Grupo Tejofran.

Para que o projeto pudesse ser realizado, foram elaborados equipamentos específicos para a comunicação, como a instalação de luzes nos monitores para facilitar a comunicação dos surdos.

Além de oferecer uma maior eficiência do setor de monitoramento da GM, o projeto proporciona também aos guardas uma aproximação com integrantes da comunidade surda local e, consequentemente, um maior conhecimento da cultura surda.

Texto: Assessoria de Imprensa GM

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*