SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Cego, contador de 60 anos e mãe e filho fazem exame da OAB no RN

cego-deficiencia-visual

Marcos Antônio da Silva tem 52 anos e não enxerga desde a infância. A falta de visão, no entanto, não é obstáculo para ele tentar conseguir o registro da Ordem dos Advogados do Brasil. Presidente do Instituto de Educação e Reabilitação de Cegos do Rio Grande do Norte (IERC/RN), ele é um dos 1.686 inscritos no estado para o XIV Exame de Ordem Unificado que acontece neste domingo (3). No RN, as provas da 1ª fase são aplicadas em Natal e Mossoró. Os aprovados participam da 2ª fase no dia 14 de setembro.

Segundo a assessoria de comunicação da OAB no RN, a prova de Marcos Antônio é lida por inteiro por uma fiscal e gravada do início ao fim para provar que não há interferência de ninguém. Quem também tenta aprovação, mas pela quarta vez, é Gildo Azevedo. Ele tem 60 anos e é formado em Contabilidade. “Sou contador, mas também quero ser advogado. Tenho afinidade com o curso de Direito”, disse ele.

O sonho de se tornar advogado é dobrado na família Protásio. Elisa, de 53 anos, é funcionária pública graduada. Ela e o filho Reinaldo foram juntos à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde ambos fazem o exame. “Meu filho também fez o curso de Direito, então alimentou ainda mais o meu sonho”, disse ela. “É um prazer imenso fazer a prova junto com minha mãe. Ela é uma pessoa muito esforçada e sempre me espelhei nela”, acrescentou o filho.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*