SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Jovem com deficiência intelectual lança livro no ES

pessoas-com-deficiencia-intelectual

As limitações não impediram que o estudante Raone Amorim, de 17 anos,
batalhasse pelo sonho de escrever seu primeiro livro. Diagnosticado com déficit intelectual, uma dificuldade de aprendizado, o jovem escolheu o nome “O Vencedor” para a primeira publicação, que conta a história de sua vida de origem humilde. Ele é aluno da escola municipal Ulisses Álvares, em Vila Velha, na Grande Vitória, local onde surgiu a vontade de ser escritor, a partir de trabalhos especiais envolvendo a literatura. Neste Dia Nacional do Livro Infantil, 18 de abril, o exemplo de Raone transmite a importância da leitura e a realização de um desejo, concretizado nesta sexta-feira (19) com o lançamento da obra em sua escola.

No livro, o estudante conta suas experiências e expectativas para o futuro, inclusive a vontade de se tornar advogado. A obra será comercializada por R$ 10, recurso que vai para a família do jovem. “Eu escolhi este título porque todas as pessoas têm que lutar para conseguir o que desejam. Eu, Raone, sou humilde. Minha casa não tinha banheiro, tinha goteira. Pedia alimentos às outras pessoas para sustentar a família. Mamãe fala pra eu seguir os estudos e ser alguém na vida e ter uma profissão”, descreveu o jovem em um trecho da publicação.

A professora de educação especial na área de deficiência intelectual, Maria Helena Fasolo, explicou sobre as dificuldades e superações de Raone. “Ele é um rapaz muito educado. A partir das dificuldades dele, fui estimulando sua parte intelectual, o que é complicado por causa do déficit cognitivo, mas ele está conseguindo. Ele lê com dificuldade, mas entende perfeitamente o que leem para ele. Apesar disso, tem todos os desejos e anseios de um jovem de 17 anos, e também estuda em uma sala de aula regular”, contou.

A ideia de escrever surgiu quando Raone ouviu a história do livro ‘Ciça’, da escritora capixaba Neusa Possatti, que conta sobre a vida de uma menina aventureira que gosta de desafios. No dia seguinte, ele procurou a bibliotecária da escola, Eliana Terra Barbosa, para falar sobre o a vontade de escrever. “Vi que ele tinha o sonho de escrever, então começei a trabalhar isso com a ajuda de outra educadora especializada. A escola conseguiu patrocínios, inclusive através das redes sociais, que contribuíram para a publicação de 500 exemplares. Ele está se sentindo realizado”, explicou.

‘O Vencedor’ pode ser descrito como um livro infantil, mas segundo a professora Maria Helena, é uma história que pessoas de todas as idades deveriam ler. “Por se tratar de uma história pessoal, que também envolve a família dele, pedimos autorização da mãe para a publicação. Ela leu e aprovou. O livro passa uma mensagem muito bonita, de crescimento como ser humano. Estou muito realizada com esse trabalho, tivemos um retorno muito grande. Foi um presente, uma benção”, disse.

Com o objetivo de estimular a leitura, 150 exemplares serão entregues às escolas da rede de ensino de Vila Velha e estarão disponíveis para consulta nas bibliotecas. Durante o lançamento, o livro será comercializado a R$ 10, com renda revertida à família do aluno. Escola Municipal Ulisses Álvares, bairro Ataíde, em Vila Velha

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*