SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Acidentes de Trabalho são responsáveis por aumento da incidência de deficiências entre metalúrgicos de Osasco e Região.

 Um estudo sobre o cumprimento da Lei de Cotas para pessoas com deficiência nas maiores empresas metalúrgicas de Osasco e região identificou que está crescendo a ocupação de vagas por pessoas cujas deficiências foram ocasionadas pelo próprio trabalho.

No ano de 2006, os acidentados representavam 5,70% das pessoas com deficiência incluídas na cota. O percentual cresceu ano a ano e encerrou 2011 com 13,32% das vagas ocupadas, sendo superior à soma de todos os incluídos com deficiência visual, intelectual e com deficiências múltiplas, que junto totalizaram 10,6% de ocupação.

A tabela abaixo apresenta a distribuição das ocupações das vagas por tipo de deficiências durante todo o período estudado, demonstrando que no cumprimento da lei de cotas há concentrações e exclusões de determinadas deficiências.

 

DISTRIBUIÇÃO DAS DEFICIÊNCIAS NO CUMPRIMENTO DA LEI DE COTAS

Ano

Física

Auditiva Visual Intelectual Múltipla Reabilitados

2006

42,00%

44,00%

4,80%

2,10%

1,40%

5,70%

2007

37,30%

47,90%

5,60%

2,20%

0,70%

6,30%

2008

41,60%

42,30%

5,60%

3,90%

0,20%

6,40%

2009

40,50%

40,10%

6,00%

3,90%

0,10%

9,40%

2010

47,01%

34,91%

5,29%

3,20%

0,70%

8,90%

2011

43,96%

32,16%

6,41%

3,77%

0,38%

13,32%

O estudo foi elaborado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região com o apoio da Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Osasco.

Fonte: Espaço da Cidadania

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*