SuperBanner

Site Pessoas com Deficiência (PCD)

Lei, Inclusão, Isenção e Vagas

Censo da pessoas com deficiência em São Paulo vai começar em março.

Entre os dias 1° de março e 30 de abril deste ano, a Prefeitura de São Paulo fará um censo para apurar informações e cadastrar a população de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida moradora da Capital paulista.

De acordo com a Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, essa será a primeira vez que um levantamento amplo será realizado. “O objetivo é levantar o número de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Saber onde estão, como vivem e como elas estão. Queremos identificar qual o perfil”, explicou Daniela Tolzer Delgado, membro do Grupo de Trabalho coordenado pela Pasta. Segundo Daniela, de extrema importância, o material coletado servirá de parâmetro para que sejam propostas novas políticas públicas. “Essa será uma verdadeira ferramenta de inteligência de gestão. Será um estudo mais sólido. É o primeiro censo realizado com todo esse cuidado”, afirmou.

Segundo Daniela, a partir do dia 1° de março, o formulário do Censo-Inclusão será enviado às residências da Capital. O questionário também será disponibilizado na internet, por meio do endereço eletrônico www.censoinclusao.sp.gov.br, poderá ser preenchido e entregue até o dia 30 de abril.

“Temos algumas frentes de trabalho, através do IPTU vamos mandar anexo carta explicativa com o formulário a ser preenchido e devolvido à Prefeitura. É simples, a pessoa preenche e manda de volta, sem qualquer custo”, disse ela que explicou ainda que o questionário contará com questões como: qual o tipo de deficiência, se é deficiência congênita ou adquirida, os lugares frequentados, os recursos de acessibilidade que mais costuma usar. E questões relacionadas também à vida escolar e profissional.

Formulário acessível será disponibilizado
O mesmo questionário que será colocado à disposição de toda a população moradora da cidade nas subprefeituras e será ainda enviado pelos Correios estará também disponível de forma acessível, segundo a Secretaria da pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

Contendo informações sobre o programa, recursos de acessibilidade permitirão que as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida preencham o formulário de maneira segura e autônoma.

“O site entrará no ar com todos os recursos de acessibilidade, como aumentar a letra, o contraste para quem necessita, será compatível com os principais leitores de tela”, disse Daniela Tolzer Delgado.

Vídeos contendo a tradução de todos os textos exibidos por meio da Língua Brasileira de Sinais também serão incluídos no site. Entre 1° de maio e 31 de agosto os dados serão cruzados. O resultado do Censo-Inclusão, segundo Daniela, será divulgado pela Pasta por meio do site em 31 de dezembro deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem CAPTCHA

*