Google+ Jovem que perdeu membros devido a bactéria ganha mãos biônicas - Site Pessoa com Deficiência (PCD)

Jovem que perdeu membros devido a bactéria ganha mãos biônicas

Postado por on mai 20, 2013 | Faça um comentario


mãos-bionica-tecnologia

A jovem americana Aimee Copeland, que contraiu uma bactéria que devora a pele e a fez perder as mãos, pés e uma de suas pernas, apareceu nesta sexta-feira (17) em um programa da emissora NBC onde exibiu suas novas mãos biônicas, doadas pela empresa Touch Bionics.

No vídeo, que pode ser visto no site da emissora, Aimee aparece cortando morangos, dobrando roupas, escrevendo e até utilizando um alisador de cabelos.
A jovem recebeu treinamento de técnicos da empresa, que a ensinaram a usar as próteses, que respondem aos sinais musculares e são capazes de realizar 24 tipos de movimentos diferentes.

Um porta-voz da companhia informou que a empresa decidiu doar os membros após tomar conhecimento de que a família de Aimee teria que pagar pelas próteses.

Acidente
Em 2012, Aimee Copeland sofreu um acidente com uma tirolesa improvisada sobre um rio no estado da Geórgia. Ela cortou a perna e caiu no rio, onde foi infectada por uma bactéria e desenvolveu uma doença rara chamada fasceíte necrotizante.
A bactéria Aeromonas hydrophila vive em clima quente e em água fresca, como a de rios onde a estudante se acidentou. O germe raramente causa a doença, mas quando ela se manifesta, a infecção é extremamente grave e pode levar a morte.
A infecção destrói as camadas internas e externas da pele, porque a bactéria libera toxinas que destroem os tecidos. Os médicos tiveram que amputar a perna esquerda, o pé direito e as duas mãos de Aimee.

Em meados de maio do ano passado, a estudante de psicologia já tinha dado sinais de recuperação. Primeiro, ela voltou a respirar sem aparelhos. Dias depois, conseguiu se sentar sozinha e passou a se alimentar.

Em 27 de maio, Aimee Copeland conversou pela primeira vez com médicos e familiares. “Oi. Nossa. Uau, como minha cabeça está confusa”, foram as primeiras palavras da garota de 24 anos, segundo seu pai, Andy Copeland.

A primeira coisa que pediu à mãe, aliás, foi um café da manhã reforçado: salsicha vegetariana, pão, molho branco, ovo frito e frutas frescas. “Ela provavelmente vai comer só um pedacinho, mas é claro que eu vou fazer. Que mãe não faria?”, emocionou-se a mãe, Donna.

flesh-eating-disease1

Os pais e a irmã de Aimee Copeland, em entrevista coletiva concedida quando a jovem estava em estado grave 

G1

faça um comentario

Imagem CAPTCHA
*
Anunciante

Vagas

Siga a gente no Google+

Vagas para Deficientes

Curta nossa pagina

Publicidade

Enquete Pessoas com Deficiência

Qual seu tipo de Deficiência

Ver Resultados

Loading ... Loading ...